Um seminário para repensar o século XXI, organizado pelo Centro de Estudos Internacionais, um centro de pesquisa universitária multidisciplinar do Instituto Universitário de Lisboa (Iscte), com a participação de Isabelle Hillenkamp.

© Le Centre d'études internationales est un centre de recherche universitaire multidisciplinaire de l'Iscte-Instituto Universitário de Lisboa.

O quarto seminário dedicado ao tema "Democracia e economia solidária: como reinventar o século XXI", é uma oportunidade para olhar ao redor e reflexionar juntos sobre o futuro que esperamos.

Acolherá as oradores Gladys Tzul Tzul (doutora em sociologia, Universidade Autónoma Benemérita de Puebla), Isabelle Hillenkamp (IRD/CESSMA), Michela Giovannini (centro de estudos sociais, Universidade de Coimbra), e Leonardo Leal (Universidade federal de Alagoas), quem também desempenhará o papel de moderador.

Informações

  •     Na quinta 25 fevereiro 2021
  •     Às 18h30 (hora de Lisboa)
  •     Evento em português
  •     Acesse ao webinário

 

© IH

A oradora IRD

Isabelle Hillenkamp é socioeconomista, pesquisadora  no IRD e CESSMA. As suas pesquisas tratam da economia solidária e da agroecologia, desde uma perspectiva feminista. Graças a parceria com instituições acadêmicas e organizações da sociedade civil na Bolívia e no Brasil, busca reforçar as iniciativas locais e contribuir à construção de uma teoria crítica global.

Outros oradores

Gladys Tzul Tzul é uma ativista guatemalteca maya quiche, intelectual pública, socióloga e artista visual. Ela obteve um mestrado pela Universidade Alberto Hurtado no Chile e um doutorado em sociologia pela Universidade Benemérita Autónoma de Puebla no México.

Michela Giovannini é investigadora no projeto TIMES-Trajetórias Institucionais e Modelos de Empresa Social em Portugal. Chegou ao CES em 2017 com uma Marie Sklodowska Curie fellowship e está no Núcleo de Estudos sobre Políticas Sociais, Trabalho e Desigualdades (POSTRADE) do CES, bem como no Grupo de Estudos sobre Economia Solidária (ECOSOL). É graduada em Ciências Políticas pela Universidade de Padua e doutora em Desenvolvimento Local pela Universidade de Trento (Italia).

Leonardo Leal é professor do curso de Administração Pública da Universidade Federal de Alagoas - UFAL. Coordenador da Incubadora Tecnológica de Economia Solidária - ITES/UFAL. Em 2015 foi ganhador do Prêmio ICE - Finanças Sociais e Negócios de Impacto - 2015. Doutorando em Ciência Política pelo Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL) e Universidade de Brasília (UnB).